Apesar do momento de crise, empreendedoras de Brumadinho registram crescimento no faturamento

Neste cenário de pandemia, a venda on-line tem sido o recurso de sobrevivência de muitos comerciantes. Entre os pequenos negócios mineiros que conseguiram aumentar as vendas no período da pandemia – apenas 4,2% do total de empresas pesquisadas no estado –, a maioria (57,7%) afirma ter melhorado os resultados por terem investido nas vendas on-line. É o que mostra a pesquisa O impacto da pandemia do coronavírus nos pequenos negócios.

O levantamento mostra ainda que a maior parte dos pequenos negócios mineiros (59%) vendem on-line, seja por meio de redes sociais, aplicativos ou internet.  Deste percentual, 45% disseram que já vendiam on-line antes da pandemia, mas 14% passaram a vender nessa modalidade depois da crise. O WhatsApp é a principal ferramenta de venda para a maioria dos entrevistados (84,3%), seguido pelo Instagram (55,2%).

Crise exigiu novas estratégias

É o caso da empreendedora Bruna Ester Machado Oliveira. Desde 2017, a empresária tem uma loja de joias, localizada dentro de um supermercado no centro de Brumadinho. Na Miríade Acessórios, Bruna, junto com a mãe, revende semijoias e também fornece cestas de presentes.“Nosso negócio se mostrava promissor e foram muitas as conquistas. Em 2018, enfrentamos a greve dos caminhoneiros e encaramos o desafio de vender mesmo com os supermercados vazios. Pouco depois, veio a tragédia da Vale, no dia 25 de janeiro de 2019. Com o rompimento da barragem, enfrentamos a dura realidade da queda brusca nas vendas e a perda de clientes. Com isso, adquirimos dívidas e instabilidade financeira”, conta.

O ano de 2020 chegou e com ele a pandemia da Covid-19.  A partir de então, as empresárias perceberam que precisavam adotar uma nova estratégia para manter o negócio. Foi quando resolveram buscar orientações para encontrar uma forma de se reinventarem. Bruna fez inscrição para consultorias personalizadas do Sebrae Minas, no município, nas quais descobriu o poder das vendas on-line.

“Depois disso foi só sucesso. Por meio da consultoria personalizada e das estratégias de marketing, estamos conseguindo aumentar as vendas, mesmo em tempos de crise. Em julho deste ano, vendemos a mesma quantidade do Natal, considerada a melhor época de vendas da loja. Além das vendas presenciais, também temos o site www.miriadeacessorios.com.br e as redes sociais. Hoje, sei que com as consultorias e o planejamento foi possível aumentar as vendas. A ideia é não parar. Atualmente, faço consultorias de marketing e finanças do Sebrae”, conta.

Foco nas vendas on-line, mas sem esquecer a loja física

O ano de 2020 tem sido um período de grandes mudanças. Marcilene Manoela Barcelos, empresária e proprietária da loja de sapatos Manuella, sabe bem disso. Com a pandemia, teve que fechar a loja e, então, foi hora de pensar em uma nova estratégia para manter o negócio. Apesar de já trabalhar com as redes sociais, a empresária dedicava pouca atenção à ferramenta.

“Aqui em Brumadinho, houve várias fases de flexibilização. Em alguns momentos, eu podia abrir a loja, mas só poderia atender dois clientes por vez. O que ainda era pouco rentável. Foi então que decidi dedicar tempo ao WhatsApp e Instagram (@lojamanuella), produzindo stories e interagindo com as clientes. Deu tão certo com as vendas on-line que já estou procurando uma funcionária para ficar por conta dessa atividade”, explica.

De acordo com a empresária, as vendas on-line exigem mais tempo do que a loja presencial. Ela manda as fotos, a cliente analisa e tem esse tempo maior de dedicação. Apesar de trabalhoso, comemora o aumento das vendas pelas redes sociais.

“Neste momento, a gente precisa buscar ajuda e ter criatividade para superar os desafios. Em julho, fiz a consultoria de marketing digital no Sebrae, o que me ajudou a valorizar e a ver as possibilidades das redes sociais. Além disso, a gente procura valorizar o atendimento humanizado, para que as pessoas sintam-se mais acolhidas. Buscamos as tendências de mercado e mantemos a loja sempre bem arrumada e pronta para um bom atendimento”, destaca a empresária.

Consultorias continuadas em Brumadinho

O Sebrae Minas e a CDL do município promovem, desde julho, consultorias continuadas com o objetivo de auxiliar os empreendedores a se adequarem à nova realidade do mercado. As consultorias continuadas são destinadas a quem busca repensar seu modelo de negócio, investir em marketing digital, impulsionar as vendas on-line e melhorar sua gestão financeira.

De acordo com a analista do Sebrae Minas Fernanda do Carmo, as consultorias são feitas de forma individualizada e o empreendedor deve ter disponibilidade para encontros semanais ou quinzenais (prazo máximo).

“As atividades iniciaram em julho deste ano. Todos os eventos são realizados de forma 100% on-line. Por isso, o empreendedor que deseja participar necessita ter acesso à internet e desktop, notebook ou celular com câmera e áudio”, destaca.

Conheça as ações desenvolvidas pela Sebrae Minas no município acessando o Portal brumadinho.sebraemg.com.br/.

 

Assessoria de Imprensa | Prefácio Comunicação

Aline Reis – (31) 3292-8660 | (31) 99934-0658

aline@prefacio.com.br

Richard Novaes – (31) 3292 8660 | (31) 98884-0255

richard@prefacio.com.br