Saiba como formar o preço de venda no varejo

Saiba como formar o preço de venda no varejo

Capacitação gratuita faz parte da Segunda Empreendedora, projeto realizado pelo Sebrae Minas em parceria com a CDL de Brumadinho para os pequenos negócios do município

Um dos principais desafios enfrentados por quem empreende é fixar o preço de venda das suas mercadorias de forma a garantir o lucro. Estabelecer uma prática de formulação e análise de preços que seja confiável e contabilizar os custos e despesas do processo para tornar o negócio mais competitivo e lucrativo são algumas das dificuldades para aqueles que desejam ter ou já têm um negócio.

Para ajudar os empreendedores do varejo a analisar fatores como demanda, concorrência e custos, que auxiliam a elaborar o preço de produtos e serviços, o Sebrae Minas e a CDL de Brumadinho promovem no dia 28/9 mais uma ação da Segunda Empreendedora.  A palestra “Varejo: entenda como formar o seu preço de venda”é gratuita, 100% digital e será realizada das 19h às 20h30. Os interessados em participar do evento podem se inscrever por meio deste link de acesso.

Segundo a analista do Sebrae Minas Fernanda do Carmo, a ação busca esclarecer aos empreendedores de Brumadinho que o preço de um produto ou serviço deve ser suficiente para cobrir os custos e despesas do negócio e ainda ser capaz de gerar lucro e remunerar o capital investido pelos sócios.

“A formação do preço é um processo que requer a atenção do empreendedor. Errar em seu cálculo pode significar prejuízo para a empresa. Portanto, é preciso contabilizar todos os custos e despesas, definir uma margem de contribuição e o retorno esperado. Além disto, o empreendedor deve considerar outros fatores que exercem influência sobre o preço, como por exemplo: análise de mercado (baseada na oferta e na demanda) e análise da concorrência (baseada no preço praticado pelas empresas do mesmo setor ou dos produtos substitutos)”, reforça a analista.

O Sebrae Minas preparou algumas dicas de como realizar a formação de preços, com base em alguns critérios que são padrão para qualquer negócio.

Estabeleça os custos: todo produto ou serviço gera despesas. Existem custos de produção, transporte, armazenamento, divulgação e muitos outros. É preciso uma análise detalhada dos custos e despesas associados ao produto ou serviço

Defina a margem de lucro:a margem de lucro é o percentual que supera o valor base. Por isso, durante a formação de preços, o empreendedor deve pensar no quanto deseja ganhar a cada venda, o que permite ao negócio se tornar sustentável ao longo do tempo.

Acompanhe o mercado: o mercado dita tendências. Portanto, é impossível falar em formação de preços sem considerar o quanto a concorrência deve influenciar nos preços finais. Essa estratégia é importante também para saber o melhor momento para lançar promoções e ofertas.

Fique por dentro das ações desenvolvidas na região de Brumadinho para os pequenos negócios acessando brumadinho.sebraemg.com.br/.

 

Varejo: entenda como formar o seu preço de venda!

Data: 28/09

Horário: das 19h às 20h30

Informações e inscrições: https://www.sympla.com.br/varejo-entenda-como-formar-o-preco-de-venda-dos-produtos__972544

Gratuito

 

Assessoria de Imprensa | Prefácio Comunicação 

Aline Reis – (31) 3292-8660 | (31) 99934-0658

aline@prefacio.com.br

Richard Novaes – (31) 3292 8660 | (31) 98884-0255

richard@prefacio.com.br

 

 

Workshop on-line de gestão financeira para pequenos negócios de Brumadinho

Workshop on-line de gestão financeira para pequenos negócios de Brumadinho

Ação faz parte das atividades de retomada segura dos segmentos de alimentação fora do lar e turismo

Nos dias 21 e 22 de setembro, o Sebrae Minas realiza, em Brumadinho, o 1º workshop gratuito e on-line de gestão financeira. Na segunda-feira (21), a atividade é destinada aos empreendedores do segmento de alimentação fora do lar, e na terça (22), para o turismo.

De acordo com a analista do Sebrae Minas Fernanda do Carmo, as atividades marcam o lançamento das ações de apoio à retomada dos pequenos negócios no município.

“O workshop será um evento de abertura dos atendimentos. Ele será on-line e tem como objetivo abordar termos introdutórios que serão explorados em maior profundidade nas consultorias disponibilizadas. O programa de retomada possui três pilares de atuação: gestão financeira e de processos, marketing digital e canais de vendas on-line e protocolos de biossegurança. Todas as consultorias serão disponibilizadas de forma gratuita aos empreendedores”, explica.

Alimentação fora do lar e turismo

No workshop Importância da ficha técnica para o segmento de alimentação fora do lar e o que isso tem a ver com finanças?, para os empreendedores que atuam no segmento de alimentação fora do lar (bares, restaurantes, lanchonetes, burguerias, pizzarias e outros), será abordada a importância do uso das fichas técnicas para implementação de uma boa gestão financeira nos negócios que atuam no segmento.

Conteúdo: o que é ficha técnica; o método de ficha técnica em cascata; como ela impacta no controle de estoque; como ela impacta no controle de produção; como ela impacta no caixa e no planejamento financeiro da empresa.

Para o segmento do turismo (meios de hospedagem, espaço cultural, feiras, artesanato, empresas de receptivo e outros) será apresentado o workshop Como formar preço de venda para negócios do turismo. O objetivo é mostrar ao empreendedor do segmento a necessidade de acompanhar o mercado com atenção, e de que forma ele interfere na política de preços da empresa. O empreendedor precisa conhecer os vários impostos que são relacionados diretamente ao preço de venda praticado e que impactam diretamente na cadeia do turismo.

Conteúdo: Diferença entre preço x custo x valor; aspectos mercadológicos; aspectos tributários; aspectos econômicos e financeiros.

“Neste momento de retomada dos negócios, é muito importante que os empreendedores se adequem às novas realidades de mercado, garantindo um ótimo atendimento ao ciente, melhores resultados e eficiência operacional”, ressalta a analista.

Saiba mais sobre os projetos desenvolvidos pelo Sebrae Minas no município: http://brumadinho.sebraemg.com.br/ ou 0800 570 0800.

 

Assessoria de Imprensa | Prefácio Comunicação 

Aline Reis – (31) 3292-8660 | (31) 99934-0658

aline@prefacio.com.br

Richard Novaes – (31) 3292 8660 | (31) 98884-0255

richard@prefacio.com.br

 

Sebrae orienta pequenos produtores de Brumadinho sobre acesso a mercados

Sebrae orienta pequenos produtores de Brumadinho sobre acesso a mercados

 Evento on-line na próxima quinta-feira (20/8) vai apresentar o Plano de Negócios para Agricultores Familiares, ferramenta que vai ajudar os empreendedores no planejamento e na tomada de decisões 

O último Censo Agropecuário, realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE, 2017), constatou que 84,4% das unidades de produção agrícola brasileira correspondem à agricultura familiar. Apesar de ocupar pouco mais de 24% do território nacional, a atividade é responsável pelo fornecimento da maior parte dos alimentos básicos da população e por cerca de 70% dos empregos no campo.

Percebendo a importância do setor para o município de Brumadinho, o Sebrae Minas, em parceria com a Fazenda Alegria e a Emater, realiza no dia 20/8, das 17h às 18h, o lançamento do Plano de Negócios para Agricultores Familiares: entenda por onde começar. Os interessados em participar do evento on-line já podem se inscrever neste link.

De acordo com a analista do Sebrae Minas Fernanda do Carmo, o projeto é uma ação conjunta com os produtores rurais de Brumadinho, que busca sensibilizar os empreendedores do município que atuam na agricultura familiar sobre os benefícios do uso do plano de negócio como uma ferramenta de suporte à tomada de decisão para o produtor rural.

“A ideia do encontro é promover uma conversa com os produtores rurais sobre a importância de analisar os concorrentes, os fornecedores e o mercado alvo no qual se deseja trabalhar, de definir um posicionamento de mercado. Como esses agricultores pretendem se inserir no mercado de orgânicos, falaremos um pouco mais sobre esse segmento, trazendo alguns cases para exemplificar as boas práticas.”

Força empreendedora para o pequeno produtor

O agrônomo da Fazenda Alegria, Antônio Márcio, foi um dos responsáveis por abrir a demanda junto ao Sebrae. Segundo ele, o pequeno produtor foi bastante impactado após o rompimento da barragem de rejeitos da Vale. Então, várias empresas e parceiros começaram a fazer um trabalho para levar ajuda ao município. O Ministério da Cidadania, o grupo Aliança por Brumadinho, a Secretaria Municipal de Agricultura, assim como as cooperativas da região são alguns exemplos.

Desde o início deste ano, atividades mensais para capacitar os pequenos agricultores já eram realizadas. Os participantes aprenderam sobre composto orgânico, semeadura, entre outros assuntos de relevância. Após a pandemia, os encontros foram suspensos e foi então que surgiu a ideia de realizá-los de forma on-line.

“A ação é voltada para o produtor de orgânicos do município. Os pequenos negócios precisam se capacitar. O Sebrae já tem mais expertise, por isso, procuramos apoio para levar conhecimento, agora em forma de live. Cerca de 30 participantes são esperados para conhecer melhor a importância do Plano de Negócios para Agricultores Familiares, assunto mais votado para esse encontro”, destaca.

Saiba como o Sebrae atua no segmento de Agricultura acessando o conteúdo disponibilizado no link.

Plano de Negócios para Agricultores Familiares: entenda por onde começar!

Dia: 20/08 (quinta-feira)

Horário: 17h às 18h

Inscrição: Acesse o formulário no link

Assessoria de Imprensa | Prefácio Comunicação 

Aline Reis – (31) 3292-8660 | (31) 99934-0658

aline@prefacio.com.br

Richard Novaes – (31) 3292 8660 | (31) 98884-0255

richard@prefacio.com.br

Programa de Retomada do Turismo abre inscrições para empreendedores de Brumadinho

Programa de Retomada do Turismo abre inscrições para empreendedores de Brumadinho

Sebrae Minas vai apresentar proposta de trabalho para auxiliar na retomada dos negócios do setor impactados pela pandemia

Empresários de micro e pequenas empresas da cadeia do turismo de Brumadinho poderão participar do próximo encontro do Programa de Retomada do Turismo. A segunda reunião será realizada na próxima quarta-feira (19/8), das 15h às 16h30. Mais informações pelo 0800 570 0800 ou em brumadinho.sebraemg.com.br.

Para iniciar os trabalhos, cada empreendedor deverá preencher o diagnóstico inicial para que seja possível verificar o grau de maturidade do seu negócio segundo três pilares: gestão financeira, marketing e vendas e operações e protocolos. O empreendedor que deseja participar pode preencher o diagnóstico neste link.

De acordo com a analista do Sebrae Minas Fernanda do Carmo, com base nas informações geradas, o Sebrae entregará a cada empreendedor um diagnóstico inicial individualizado por empresa.

“E no próximo encontro, que está marcado para a semana que vem, apresentaremos a devolutiva do segmento, com base nos resultados gerais do grupo. Será apresentada uma proposta de trabalho para auxiliar os empreendimentos que atuam diretamente com o turismo, como, hostels, pousadas, hotéis e espaços culturais, na retomada de seus negócios e no aumento de sua performance”, destaca a analista.

Serão oferecidas consultorias on-line e semipresencial, acompanhamento individualizado e sistematizado, além de soluções customizadas conforme a necessidade e a maturidade de gestão identificada em cada grupo. As atividades também contarão com o apoio dos serviços prestados pelo programa Sebraetec- Serviço em Inovação e Tecnologia, que proporciona o encontro da pequena empresa com serviços tecnológicos para inovação, visando a melhoria dos negócios.

“Por meio do Sebraetec, os pequenos negócios poderão solicitar o desenvolvimento ou a revitalização da identidade visual do negócio, o desenvolvimento de rótulos e embalagens, aprender a utilizar as ferramentas direcionadas para o marketing digital de forma a aproveitar o seu potencial para o impulsionamento e a inserção da empresa no mundo on-line. A construção de um website para o negócio também poderá ser avaliada. Diferente dos outros territórios, o Sebrae Minas oferece às empresas registradas em Brumadinho o custeio de 100% para algumas ações do SebraeTec”, explica Fernanda.

Em busca de novos caminhos para o turismo

O Programa de Retomada do Turismo de Brumadinho foi lançado na última segunda-feira (10/08). No primeiro encontro, os empresários participaram de uma palestra com a consultora e pesquisadora em desenvolvimento local e turismo Lívia Pacheco. O objetivo da atividade era inspirar os empreendedores de Brumadinho e motivá-los a aproveitar o momento de suspensão das atividades para se engajarem em processos de co-gestão do território turístico em que atuam.

O programa tem como objetivo apresentar um conjunto de soluções de curto prazo, destinado aos empresários de micro e pequenos empreendimentos da cadeia do turismo de Brumadinho.

Saiba mais sobre os projetos desenvolvidos pelo Sebrae Minas no município: http://brumadinho.sebraemg.com.br/

Programa de Retomada do Turismo em Brumadinho – 2º encontro

Dia: 19/08 (quarta-feira)

Horário: das 15h às 16h30

Link de acesso da reunião: https://meet.google.com/iwn-qegd-abm

Link para participar do diagnóstico: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScekouXYANVNxo5qHoZSw5qrJiuUGztXKDIQqf0PZy7BKWOnQ/viewform

 

Assessoria de Imprensa | Prefácio Comunicação 

Aline Reis – (31) 3292-8660 | (31) 99934-0658

aline@prefacio.com.br

Richard Novaes – (31) 3292 8660 | (31) 98884-0255

richard@prefacio.com.br

Vendas on-line dão fôlego a pequenos negócios

Vendas on-line dão fôlego a pequenos negócios

Apesar do momento de crise, empreendedoras de Brumadinho registram crescimento no faturamento

Neste cenário de pandemia, a venda on-line tem sido o recurso de sobrevivência de muitos comerciantes. Entre os pequenos negócios mineiros que conseguiram aumentar as vendas no período da pandemia – apenas 4,2% do total de empresas pesquisadas no estado –, a maioria (57,7%) afirma ter melhorado os resultados por terem investido nas vendas on-line. É o que mostra a pesquisa O impacto da pandemia do coronavírus nos pequenos negócios.

O levantamento mostra ainda que a maior parte dos pequenos negócios mineiros (59%) vendem on-line, seja por meio de redes sociais, aplicativos ou internet.  Deste percentual, 45% disseram que já vendiam on-line antes da pandemia, mas 14% passaram a vender nessa modalidade depois da crise. O WhatsApp é a principal ferramenta de venda para a maioria dos entrevistados (84,3%), seguido pelo Instagram (55,2%).

Crise exigiu novas estratégias

É o caso da empreendedora Bruna Ester Machado Oliveira. Desde 2017, a empresária tem uma loja de joias, localizada dentro de um supermercado no centro de Brumadinho. Na Miríade Acessórios, Bruna, junto com a mãe, revende semijoias e também fornece cestas de presentes.“Nosso negócio se mostrava promissor e foram muitas as conquistas. Em 2018, enfrentamos a greve dos caminhoneiros e encaramos o desafio de vender mesmo com os supermercados vazios. Pouco depois, veio a tragédia da Vale, no dia 25 de janeiro de 2019. Com o rompimento da barragem, enfrentamos a dura realidade da queda brusca nas vendas e a perda de clientes. Com isso, adquirimos dívidas e instabilidade financeira”, conta.

O ano de 2020 chegou e com ele a pandemia da Covid-19.  A partir de então, as empresárias perceberam que precisavam adotar uma nova estratégia para manter o negócio. Foi quando resolveram buscar orientações para encontrar uma forma de se reinventarem. Bruna fez inscrição para consultorias personalizadas do Sebrae Minas, no município, nas quais descobriu o poder das vendas on-line.

“Depois disso foi só sucesso. Por meio da consultoria personalizada e das estratégias de marketing, estamos conseguindo aumentar as vendas, mesmo em tempos de crise. Em julho deste ano, vendemos a mesma quantidade do Natal, considerada a melhor época de vendas da loja. Além das vendas presenciais, também temos o site www.miriadeacessorios.com.br e as redes sociais. Hoje, sei que com as consultorias e o planejamento foi possível aumentar as vendas. A ideia é não parar. Atualmente, faço consultorias de marketing e finanças do Sebrae”, conta.

Foco nas vendas on-line, mas sem esquecer a loja física

O ano de 2020 tem sido um período de grandes mudanças. Marcilene Manoela Barcelos, empresária e proprietária da loja de sapatos Manuella, sabe bem disso. Com a pandemia, teve que fechar a loja e, então, foi hora de pensar em uma nova estratégia para manter o negócio. Apesar de já trabalhar com as redes sociais, a empresária dedicava pouca atenção à ferramenta.

“Aqui em Brumadinho, houve várias fases de flexibilização. Em alguns momentos, eu podia abrir a loja, mas só poderia atender dois clientes por vez. O que ainda era pouco rentável. Foi então que decidi dedicar tempo ao WhatsApp e Instagram (@lojamanuella), produzindo stories e interagindo com as clientes. Deu tão certo com as vendas on-line que já estou procurando uma funcionária para ficar por conta dessa atividade”, explica.

De acordo com a empresária, as vendas on-line exigem mais tempo do que a loja presencial. Ela manda as fotos, a cliente analisa e tem esse tempo maior de dedicação. Apesar de trabalhoso, comemora o aumento das vendas pelas redes sociais.

“Neste momento, a gente precisa buscar ajuda e ter criatividade para superar os desafios. Em julho, fiz a consultoria de marketing digital no Sebrae, o que me ajudou a valorizar e a ver as possibilidades das redes sociais. Além disso, a gente procura valorizar o atendimento humanizado, para que as pessoas sintam-se mais acolhidas. Buscamos as tendências de mercado e mantemos a loja sempre bem arrumada e pronta para um bom atendimento”, destaca a empresária.

Consultorias continuadas em Brumadinho

O Sebrae Minas e a CDL do município promovem, desde julho, consultorias continuadas com o objetivo de auxiliar os empreendedores a se adequarem à nova realidade do mercado. As consultorias continuadas são destinadas a quem busca repensar seu modelo de negócio, investir em marketing digital, impulsionar as vendas on-line e melhorar sua gestão financeira.

De acordo com a analista do Sebrae Minas Fernanda do Carmo, as consultorias são feitas de forma individualizada e o empreendedor deve ter disponibilidade para encontros semanais ou quinzenais (prazo máximo).

“As atividades iniciaram em julho deste ano. Todos os eventos são realizados de forma 100% on-line. Por isso, o empreendedor que deseja participar necessita ter acesso à internet e desktop, notebook ou celular com câmera e áudio”, destaca.

Conheça as ações desenvolvidas pela Sebrae Minas no município acessando o Portal brumadinho.sebraemg.com.br/.

 

Assessoria de Imprensa | Prefácio Comunicação

Aline Reis – (31) 3292-8660 | (31) 99934-0658

aline@prefacio.com.br

Richard Novaes – (31) 3292 8660 | (31) 98884-0255

richard@prefacio.com.br